Taxa de Juros FIES 2021 – juro zero para novo fies

Última atualização em 18 de dezembro de 2020

Está querendo fazer um financiamento estudantil, mas está em dúvidas sobre como funcionam as taxas e cobranças? Então confira este artigo e descubra o que você precisa saber sobre a Taxa de Juros FIES 2021.

Importante dizer que existem duas formas de financiamento estudantil, que são gerenciados pelo governo, e por isso, tem condições facilitadas. É possível conseguir o empréstimo para a faculdade completamente se juros ou com taxas mais brandas se comparado ao mercado.

Existe o FIES, que é o tradicional financiamento aos estudantes e também o P-FIES que é mais abrangente e tem mais vagas facilitando a vida de quem quer ingressar no ensino superior. Para entender melhor a diferença entre casa uma das formas de financiamento, acompanhe este artigo e veja a informação logo a seguir.

Para quem é o FIES 2021?

requisitos para novo fies

  • Aqueles que querem entrar no Ensino Superior, e não tem como pagar agora
  • Quem conseguiu uma bolsa só de 50% no ProUni e não tem como pagar os outros 50% da mensalidade
  • Aqueles que tentaram o Sisu ou ProUni e não conseguiram bolsa, e querem começar a faculdade logo
  • Quem estava cursando faculdade privada e ficou apertado para pagar a mensalidade

Vale lembrar que para entrar no FIES e ter acesso ao financiamento é preciso cumprir pré-requisitos e ficar dentro do quadro de vagas. Geralmente são disponibilizadas vagas anualmente e o P-FIES tem mais vagas que o FIES, elas são distribuídas via sistema, uma vez que os candidatos façam a solicitação.

Os cursos com mais procura, acabam tendo uma nota de corte maior, medicina por exemplo tem uma nota de corte de 700, enquanto que ciências biológicas tem nota de corte de 500 pontos. Vale lembrar que para o P-FIES não existe nota de corte, porque não é obrigatório fazer ENEM. Confira mais informações a seguir.

Financiamento sem Taxa de Juros FIES 2021

fies caixa taxa zero

O financiamento tradicional FIES não tem juros cobrados após o contrato, apenas durante o período do contrato existe um pagamento trimestral de R$ 50 reais.

Então, podemos concluir que o único pagamento que o estudante faz antes de começar a pagar de fato o empréstimo é são os 50 reais trimestrais, totalizando R$ 200 reais anuais.

Este valor pago trimestralmente, independe do valor do curso financiado, ele não é fixo e por isso se a mensalidade é de R$ 1 mil ou de R$ 10 mil, a taxa pode variar, mas limitada a R$ 150 reais.

Vale ressaltar que mesmo que o valor seja pequeno comparado com o preço total do curso, o não pagamento indica inadimplência e pode impedir a renovação semestral do financiamento.

Fora isto, para pagar o financiamento, o estudante tem as seguintes obrigações:

  • Depósito obrigatório de R$ 50 reais trimestrais
  • 2 anos de carência para começar a pagar o financiamento
  • Parcelas bem reduzidas e acessíveis
  • Quando o curso dura 4 anos, o aluno pode quitar o financiamento em até 13 anos!

Por outro lado, também deverá cumprir pré-requisitos para participar do FIES, que são:

  • Tirar nota mínima de 450 pontos, em média, na prova e 400 pontos na redação
  • Ter renda de até 3 salários mínimos per capta familiares
  • Passar dentro do quadro de vagas do FIES, isso indica que não basta que o aluno alcance a nota mínima, ele também precisará enfrentar a concorrência.

Taxa de Juros FIES 2021: conheça o P-FIES

p-fies 2021 como funciona
Novas regras P-fies

O P-FIES, é um pouco diferente do FIES tradicional, o P é de privado, já que o empréstimo é fornecido por instituições bancárias privadas, os juros são definidos conforme o perfil do estudante e dos fiadores. Os juros desta forma de financiamento ainda não estão definidos pelo governo, entretanto, são juros melhores que os de financiamentos tradicionais.

O P-FIES, é um pouco diferente do FIES tradicional, veja as diferenças:

  • Não é necessário fazer a prova do ENEM
  • Não existe limite de renda familiar
  • O financiamento é feito exclusivamente através de instituições privadas
  • Existem juros (ainda não definidos, depende da instituição financeira), ao final do contrato

E o que o P-FIES tem em comum com o FIES tradicional?

  • Ambos são uma forma de dar acesso ao aluno de chegar ao ensino superior
  • Dependem das regras e de seleção feita através do MEC no site do portal FIES
  • São financiamentos estudantis

Com relação ao período de carência e forma de garantias, pagamentos e concessão irão depender muito da avaliação e proposta da instituição financeira. A taxa de juros oferecida pode mudar dependendo das garantias que o estudante e fiador tem a dar.

Inscrições para Fies 2021

Inscrições para Fies 2021

Se você estar em uma universidade privada e precisa de um financiamento estudantil para manter os custos de seu curso, saiba que o Fies 2021 é um dos programas mais importantes e que faz toda a diferença na hora de começar, dar continuidade aos estudos e ao finalizar o mesmo com tudo pago pelo governo federal.

O Fies 2021 tem a sua inscrição feita sempre pela internet, por meio do site do Fies.mec.gov.br, de acordo com o cronograma do Fies, que tem as inscrições no primeiro semestre feito logo após o resultado dos classificados no Prouni, e no segundo semestre com data definida por meio do edital.

As inscrições devem ser feitas de acordo com a data definida, o estudante deverá fazer uso de sua inscrição do Enem, deverá informar a renda familiar e as demais informações solicitadas.

Quem leu este artigo também gosta:

Conclusão

Enfim, neste artigo você ficou por dentro de como funciona a Taxa de juros FIES 2021, interessante, não é verdade? Vimos que existem duas formas diferentes de ter acesso a um financiamento estudantil, o FIES tradicional e o P-FIES. Cada uma delas tem uma forma diferente de lidar com juros, sendo que geralmente o P-FIES tem juros mais altos.

Por fim vimos também o que as duas formas de financiamento têm em comum e o que cada uma delas exige dos estudantes e fiadores. Gostou das informações? Então comente conosco sua opinião e compartilhe com os amigos as novidades?

Ainda tem dúvidas? Não esqueça que você pode ligar para o 0800 61 61 61, ou enviar uma mensagem via formulário para o MEC.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *